Crônicas de Salicanda Vol.1 – Os Gêmeos

Título: Os Gêmeos
Título original: Les Éveilleurs
Autor: Pauline Alphen
Ano de publicação: 2011 (original de 2009)
País de origem: França
Tradução: Dorothée de Bruchard com colaboração de Pauline Alphen
Editora: Companhia das Letras – 367 páginas

Uma história criativa que mistura elementos da fantasia e da ficção científica num cenário extremamente instigante: essa é a primeira coisa que posso falar do primeiro volume da série Crônicas da Salicanda, Os Gêmeos. Um livro para o leitor saborear cada palavra e se envolver com os personagens e os mistérios que te deixam pensando horas antes de dormir.

Como anunciei antes na coluna Expectativas, Crônicas de Salicanda nos apresenta um cenário pós-apocalíptico. No século XXIII, estranhamente, as pessoas vivem como se vivia antes da Revolução Industrial, ou seja, sem máquinas e sem eletrecidade. Na pequena Salicanda, isolada do resto do mundo, os gêmeos Claris e Jad começam a questionar a realidade em que vivem: Por que os livros de história não contam nada do que aconteceu no século XX ou XXI? Por que alguns objetos são proibidos? Por que Jad tem manifestado alguns poderes estranhos que ninguém sabe explicar? Por que o pai se recusa a falar das circunstâncias em que sua esposa (e mãe dos gêmeos) desapareceu? E que estranho jogo de tabuleiro sem regras é esse que tem feito a cabeça dos jovens da cidade?

A narrativa vai desvendando essas questões, à medida que acompanha personagens extremamente cativantes como os gêmeos, a família Borges, o tutor Blaise e a ama Chandra. No entanto, não esperem um rítmo frenético para os acontecimentos. Estamos muito acostumados a ler livros americanos que têm esse jeito quase cinematográfico de narras as coisas, mas o livro de Pauline Alphen é diferente: o foco não é a ação em si, mas sim a reação das personagens! Claro que o livro apresenta boas cenas de ação, mas elas não são o foco. Isso não quer dizer que uma abordagem ruim, só diferente, e sinceramente, eu prefiro assim e gostei muito do livro!

Outro aspecto legal é o tratamento dado ao amadurecimento. Claris e Jad desenvolvem muito durante o livro e passam por situações que os colocam a prova e os forçam a crescer. Mas foi Claris mesmo quem roubou a cena o livro inteiro à medida em que deixava de ser uma garotinha rebelde para se tornar uma adolescente mais forte e mais madura. Foi tudo muito real pra mim e algumas partes foram emociontantes até.

Pra quem é daqueles leitore mais atentos, é uma delícia perceber todas as referências literárias que o livro traz que vão desde livros contemporâneos como Harry Potter até a clássicos da literatura. Eu adorei desvendar as referências!

O livro nos faz pensar em muitas coisas, principalmente nos limites para esse nosso mundo mega consumista e egoísta. Nos faz pensar nas lideranças/soluções instantâneas que aparecem prometendo verdadeiras revoluções, mas apenas para nos deixar na alienação depois. E sabe o que mais assusta? É saber que o apocalipse criado por Pauline Alphen poderia muito bem acontecer. É algo que está muito próximo de nós.

Livro altamente recomendado, Os Gêmeos é com certeza o que o gênero tem de melhor nesses últimos anos. Uma história completa com romance, aventura, drama e mistério.

A série continua com Ailleurs (2010) e com um terceiro volume previsto para lançamento neste ano.

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

16 Responses to “Crônicas de Salicanda Vol.1 – Os Gêmeos”

  1. Desde o post Expectativas eu fiquei bem curiosa quanto ao livro. Agora gostei mais ainda. Parece ser uma narrativa bem interessante, um mundo de mistério e fantasia é tudo o que eu to precisando agora.
    Beijos

    Responder
      • Oi Mel, chegou ontem o livreto com o primeiro capitulo do livro, e tenho que confessar que já fiquei encantada não só pela historia prometer ser muito boa, mas também pelas referencias literárias, que já nesse comecinho me deixaram encantada.

        Beijos

        Responder
        • Que bom que chegou! O livreto dá a maior vontade de ler, né? Esse livro é uma delícia de ler. Tem um monte de referências legais.
          bjs

          Responder
  2. Hohoho, adoro livros focados nos personagens e que demonstra o amadurecimento deles, parece-me que essa é mesmo uma leitura muito agradável.

    Responder
    • Eu também gosto de livros assim, Liége. Na verdade, até prefiro. Excesso de cenas de ação acaba me entediando… Não consigo ficar lendo tiros e correrias sem que atenção seja dada a pessoa que está vivendo àquilo.

      Responder
    • Camis, não sei. Mas confesso que podia. Realmente, essa coisa de livro digital empolga bastante. Vou procurar saber e te falo.
      bjs

      Responder
      • Oi Mel,
        Eu sempre prefiro livros em papel, mas ultimamente tenho encontrado excelentes ofertas de livros digitais. Além disso, como estou entrando em crise de espaço para armazenar tantos livros, o livro digital me ajuda!
        A verdade é que tem livros que eu quero ler, mas que não faço questão de tê-lo na estante! hehehehe
        Beijos

        Responder
  3. Vi sua resenha do Retorno do Rei e fiquei curioso com essa parte de referencias, porque adoro isso. Irei adicionar a minha lista de leitura (que está gigante e acumulada kk).

    Responder
    • Rodrigo, esse livro é ótimo. Cheio de referências, bem escrito e imaginado. Vale a pena incluir na lista sim.

      Responder
  4. Li esse livro…. Ele é ótimo!!!!!! Eu adorei e estou esperando o proximo… não vejo a hora!!! É um livro q te prende e te faz mergulhar na historia pois é altamente descritivo. Nossa parecia que eu estava dentro das cenas…. Sera que o proximo volume demora muito pra sair?????
    bj

    Responder
    • Kelin, o livro é ótimo mesmo! E empolga demais a gente. Bem, ainda não tem previsão pro lançamento do próximo livro, infelizmente. Mas na França o volume 3 já foi lançado.
      bjs

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>