Top 5 Melhores Livros Lidos em 2012

Sei que estou um pouco atrasada, mas essa é uma tradição aqui no blog e eu não podia deixar de postar. Ano passado o topo desse top 5 ficou com Jogos Vorazes, mas posso dizer que li um bocado de livros excelentes nesse ano. Difícil montar esse ranking, viu.

Vamos à lista?

5. O Castelo das Águias, de Ana Lúcia Merege

Eu já estava de olho nesse livro há um tempinho quando a autora Ana Lúcia Merege entrou em contato comigo para se inscrever no projeto Novos Livros de Fantasia aqui do blog. Quando finalmente pus as mãos no exemplar e comecei a ler, tive uma experiência leve e prazerosa.

castelo das águiasO Castelo das Águias conta a história de Anna, uma jovem que vai ser professora numa instituição super renomada, o castelo do título. Lá ela sofre um grande choque cultural: vinda de uma tribo simples da floresta, Anna de repente se vê cercada de pessoas que não respeitam sua cultura e costumes. Além disso, ela vê de perto uma trama que quer levar as águias do castelo para longe, a fim de servirem na guerra. Mas Anna, assim como o misterioso mago Kieran, não acha que isso é certo. Afinal, será que devemos usar os animais assim para servirem nossos próprios propósitos?

O que me surpreendeu?

A protagonista, Anna. Isso porque ela não é nem uma mocinha chorona nem uma valentona. Ela é simplesmente uma mulher normal, com qualidades e defeitos. Anna tem uma posição conciliadora em relação às coisas, mas isso não quer dizer que ela seja fraca ou boba, pelo contrário. Com tantos livros por aí que ou se dividem em apresentar versões de Bella Swan ou Katniss Everdeen, Anna é alguém real, tranquila e interessante.

Tem resenha do livro aqui no blog! Deem uma olhadinha clicando aqui. O site oficial da autora Ana Lúcia Merege é recheado de informações sobre o universo Athelgard e contos extra sobre os personagens. Clique aqui para conhecer.

4. The Stone Gods, de Jeanette Winterson

Sabe aquele livro que te tira do chão? Que te deixa sem ar porque fala umas verdades bem perto de você? Pois é, The Stone Gods é um desses livros. Uma das experiências mais incríveis que já tive em termos de leitura. Isso porque é um livro extremamente inteligente que apresenta personagens incríveis e possui uma sensibilidade fora do normal. Curioso?

the stone godsO livro é composto de quatro histórias diferentes: “Planet Blue”, “Easter Island”, “Post 3-War” e “Wreck City”. Não são contos, mas sim histórias interconectadas. Nelas, acompanhamos diversos momentos da história humana: colonização, dominação e destruição. Isso porque The Stone Gods é, acima de tudo, um livro pós-apocaliptico em que vemos a humanidade cometendo sempre os mesmos erros em diversos momentos. Triste, mas não é isso que fazemos o tempo todo?

O que me surpreendeu?

A ideia de história cíclica é usada até as últimas consequências nesse livro que dá ao leitor a impressão de que tudo está sempre se repetindo, com apenas pequenas mudanças de enredo. Além disso, o modo como o tema amor é tratado no livro é simplesmente tocante. Billie e Spike e suas aparições nas quatro histórias literalmente nos fazem rir e chorar.

Esse livro se tornou um dos meus favoritos ever. Como assim ainda não tem resenha dele aqui no blog? Shame on me, pessoas. Vou providenciar o mais rápido possível, mas enquanto isso, que tal darem uma lida nessas histórias incríveis? O livro está publicado aqui no Brasil pela editora Record e tem o título de Deuses de Pedra.

3. Crônicas de Luz e Sombras Vol.1 – Olam, de L. l. Wultzer

Esse livro é fantasia nacional de altíssima qualidade. E pra mim, superou o famoso A Batalha do Apocalipse, que, inclusive, ficou no meu top 5 de 2011. Olam é um livro bastante ambicioso, mas que cumpre muito bem seu papel. A escrita de Wultzer é bastante fluida e consegue prender a atenção do leitor. Além do mais, apesar de usar alguns clichés como o garoto de origem humilde que de repente tem que salvar o mundo, o livro consegue imprimir sua marca.

olamOlam acompanha Ben, um aprendiz de lapidação de pedras, que descobre que seu mentor, o velho Enosh, foi raptado. E mais: que o sumiço de seu antigo professor pode estar ligado ao apagamento do Olho de Olam, a pedra mais pura já lapidada, maior fonte de energia de toda terra de Olam. Agora Ben entrará numa busca desenfreada não só por seu mestre, mas pelo destino de toda Olam.

O que me surpreendeu?

O mundo criado por L. L. Wultzer é simplesmente incrível de tão completo. Além dos clássicos mapas e glossário que sempre estão por perto de todo livro de alta fantasia, Wultzer enriquece sua narrativa a todo momento enquanto vai compondo a história de Olam, intercalando passado e presente com descrições precisas, mas nada chatas. Baseado na mitologia hebraica, Olam não é parecido com nada que eu já tenha lido em termos de mitologia e é realmente algo encantador. Se você gosta de fantasia clássica, leia!

Quer saber mais? Pois tem resenha aqui no blog. Só clicar aqui. Para mais informações sobre a série, é só entrar no site oficial aqui.

2. Reckless Vol.1 – A Maldição da Pedra

Eu já disse aqui várias vezes que sou apaixonada pela escrita da alemã Cornelia Funke, autora da série Mundo de Tinta. Então quando chegou pra mim A Maldição da Pedra, eu já imaginava que iria gostar do livro. Mas ele superou todas as minhas expectativas!

A Maldição da Pedra, de Cornelia FunkeJacob Reckless descobre uma passagem secreta para um mundo paralelo onde humanos convivem com fadas, gnomos e bruxas. Esse novo mundo que se desdobra na frente dele parece imensamente mais interessante que sua realidade difícil com pai desaparecido, mãe doente e um irmão para cuidar. Jacob passa cada vez mais tempo no outro mundo… até que seu irmão, Will, descobre como entrar e pior, é ferido por um goyl, uma criatura feita de pedra. Quando Will começa a se tornar também um goyl por causa da ferida, Jacob é forçado a rever seus conceitos sobre família, amizade e amor. Espere muita aventura e romance desse livro!

O que me surpreendeu?

A edição é maravilhosa, só pra começar. Todas as páginas possuem detalhes e ilustrações feitos pela própria Cornelia Funke. Tudo é incrivelmente delicado e bem feito, aquele tipo de livro que dá gosto de ter na estante. E aí vem a história: simplesmente perfeita. É envolvente, bem desenvolvida, os personagens realmente nos levam e a escrita tem um quê de poética. Não tem como não se apaixonar por essa história.

Tem resenha de A Maldição da Pedra aqui no blog, cliquem aqui para ler!

1. As Crônicas do Matador do Rei – Dia Um: O Nome do Vento

Esse é um primeiro lugar que não poderia deixar de ser. Afinal, O Nome do Vento tem tudo que um livro de fantasia deve ter: aventura, suspense, romance, comédia e principalmente, uma história inesquecível. Assim que comecei a ler a história de Kvothe eu soube que esse seria um dos meus livros favoritos e eu realmente não me enganei. Foi realmente a melhor leitura de 2012!

o nome do vento

Kvothe é conhecido como Kvothe, Sem-Sangue, o maior guerreiro de todos os tempos. Mas será que todas as histórias contadas sobre ele são verdadeiras? Será que os mitos realmente constroem um herói? O que há por trás de uma lenda? É atrás dessas perguntas que o Cronista vai até Kvothe e pede que ele conte sua história, sem rodeios e sem floreios. Ou assim esperamos.

O que me surpreendeu?

O modo como essa é uma história sobre o poder de uma história. Kvothe é super consciente de que as histórias contadas sobre ele fizeram mais seu nome do que suas próprias ações. E não é assim, na verdade? Nossas palavras são o que nos marcam, o que nos definem na maioria das vezes. A leitura de O Nome do Vento é incrivelmente prazerosa e inteligente, é uma narrativa que não menospreza o leitor, sempre nos apresentando novas questões, novas ideias… isso, é claro, sem esquecer de nos contar uma história incrível.

Para ler a resenha feita por mim aqui no blog é só clicar aqui.

Gostaram da lista? Quais foram os cinco melhores livros lidos em 2012 pra vocês? Algum desses aqui deu vontade de ler? Qual? Não deixem de comentar!

Ah, sim, para receber e-mails com as atualizações do blog é só digitar sue e-mail ali na caixinha ao lado. Vai ser um prazer ter você como nosso leitor fiel!

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

10 Responses to “Top 5 Melhores Livros Lidos em 2012”

  1. Ana Lúcia Merege

    Que prazer estar nesta lista, principalmente quando alguém entende e curte minha protagonista! Muito obrigada, Melissa!

    Responder
  2. Só li O Castelo das Águias, que também adorei!! E estou com Olam e O Nome do Vento aqui em casa, prontos para serem devorados… olha, para dizer a verdade, fiquei com vontade de ler todos! Acho que já tinha visto Deuses de Pedra em algum lugar e fiquei bem curiosa para ler, Melissa! Faz resenha dele!!!

    Responder
    • Melissa de Sá

      Liége,
      Que bom que você já está com esses em casa, são livros ótimos. Tenho certeza que você vai amar!
      Pois é, vou fazer resenha sim. Tenho que tomar vergonha na cara.
      bjs

      Responder
  3. Juliana Pires

    Ah Mel, é tão difícil fazer essas listas, a minha eu estiquei tanto, que ficou com 16, e ainda assim, teve alguns que eu esqueci de por.
    Uma coisa que você falou e eu concordo plenamente, na maioria dos livros que eu leio de fantasia, a personagem principal ou é a donzela que precisa ser salva, ou é a super master valentona, sinto falta de livros com personagem mais humanos, que cometem falhas, acertam e erram e agem normalmente. Bom, já anotei mais um na listinha.
    Eu simplesmente amei A Batalha do apocalipse, e se você disse que Crônicas de Luz e Sombra supera ele, eu preciso conferir, esse ano quero investir em livros nacionais.

    Beijokas

    Responder
    • Juliana Pires

      Esqueci, obrigado pela dica de autor português, adorei a resenha do livro, e vai ser ele que vou ler para cumprir o desafio.

      Responder
    • Melissa de Sá

      Ju,
      Eu também acho difícil demais fazer, mas eu me forço. rs
      Essa questão de personagens femininas realmente merece um post, viu. É um dos meus planos pra postagem de fevereiro. Também sou fão de personagens mais humanos e normais.
      Se você amou A Batalha do Apocalipse, então vai pirar nas Crônicas de Luz e Sombras!
      Investe em livros nacionais sim, Ju. Você não vai se arrepender! 🙂
      bjs

      Responder
  4. O Nome do Vento… em 2010 quando comecei a ler este livro parei na pagina 30… Aquela “intro” nao me agradou, nao era bem oq eu esperava. Ai eu fui ler o 2º 3º e 4º livro do Percy Jacksson e os Olimpianos. Quando eu nao tinha mais nada pra ler, peguei O Nome do Vento, e que maravilha de livro, nesses ultimos 3 anos não me lembro de quantas vezes ja o reli, perdi as contas na 5ª vez… Merece muito estar no 1º lugar dessa sua lista, msm eu não tendo lido os outros. E lembre-se de ler o O Temor do Sábio. Continuação do O nome do vento.

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>