Especial Harry Potter: Harry Potter e o Enigma da Príncipe

E já estamos no livro 6! Uau! O Especial Harry Potter continua. Parceria do Livros de Fantasia com o Por Essas Páginas. Resenha da Lany.

Mais uma vez, estamos aqui para falar de uma série que vai ser eternamente a nossa queridinha: Harry Potter! Para quem ainda não leu as outras resenhas, é só clicar aqui e acompanhar a nossa viagem junto com o “Menino que sobreviveu”! Depois de tantas resenhas lindas, eu fiquei com a responsabilidade de falar sobre “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, um dos livros favoritos de muitas pessoas!

HP4

Título em português: Harry Potter e o Enigma do Príncipe
Título Original: Harry Potter and the Half-Blood Prince
Autor: J.K. Rowling
Ano de publicação: 2006
País de Origem: Reino Unido
Tradução: Lia Wyler
Editora: Rocco
Número de páginas: 510

Quando a Karen resenhou “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, eu logo me lembrei da espera que foi para o lançamento desse livro. Quando saiu a data, eu estava viajando, mas mesmo assim eu comecei a gritar e a dançar, porque ei, finalmente eu poderia fazer uma contagem regressiva! Apesar de a espera para “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” não ter sido tão grande, eu estava muito ansiosa e nervosa. O final de “Harry Potter e o Cálice de Fogo” nos mostrou que a época “infantil” realmente havia acabado e que agora uma época sombria iria começar. Mas “Harry Potter e a Ordem da Fênix” nos mostrou que J.K.Rowling não teria pena de nenhum personagem, nem daquele que era um dos mais queridos naquela época (não dava para contar quantas pessoas que tinham “Black” no apelido no fórum que eu frequentava). Foi a partir desse livro que eu comecei a pensar que tudo poderia acontecer. Harry teria um final feliz? Para mim, naquele momento, não estava tão certo assim.

O trágico fim de Sirius Black e o conhecimento sobre a profecia que havia sido feita antes mesmo dele ter nascido serviram para que Harry deixasse de ser “Harry-CAPS-LOCK” (sim, eu adorei esse apelido que a Karen usou no post anterior) para ser um Harry que tenta, da melhor forma possível, aceitar o seu destino e descobrir uma forma de sobreviver. Para isso, Dumbledore começa (finalmente, devo dizer) a marcar aulas com ele. É claro que para Dumbledore a maior arma é a sabedoria, e por isso ele mostra lembranças dele e de outras pesssoas na Penseira. Assim Harry pode começar a entender um pouco melhor quem era Tom Riddle e quem é Lord Voldemort. Essas cenas são sensacionais, porque mostram mais uma vez que o vilão de J.K.Rowling é complexo! Mas não pensem que essas reuniões foram só análises psicológicas: finalmente ficamos sabendo como que Voldemort conseguiu sobreviver ao ataque nas casas dos Potter… E o que eu posso dizer? Que J.K.Rowling foi brilhante e que ela conseguiu deixar dicas sobre isso durante os livros anteriores! É sensacional perceber como que cada peça do quebra-cabeças vai se encaixando, formando uma história única e maravilhosa!

“Você sabia – naquela época?” perguntou Harry

“Se eu sabia que eu havia conhecido o mais perigoso Bruxo das Trevas de todos os tempos? Não…”

AHP 6 brancapesar de toda essa parte mais séria… Bem Harry Potter é um adolescente, e ele sofre bastante com esses problemas também! Afinal, “love is in the air” e esse é um dos livros em que o romance é mais trabalhado! Depois do “namoro-que-não-deu-certo” com Cho Chang (HÁ!), Harry começa (finalmente… Aliás, vocês já perceberam quantos “finalmentes” eu escrevi nesse post? Mas não tem como eu me segurar!) a prestar atenção em uma certa ruiva… E com isso, temos a aparição de um dos personagens mais engraçados de toda a série! Sim, eu estou falando do “Monstro-no-peito-do-Harry”. Harry pode ser “O Eleito”, mas ele não entende nada de romances. E isso é fofo demais (mesmo que a gente queira soltar um “ACORDA HARRY” durante várias cenas!).

Mas Harry não teve só esse probleminha adolescente, porque os seus dois melhores amigos estão brigando novamente! Ron começa a namorar e é claro que isso só complica a relação dele com a Hermione. Ron está no clube dos garotos que não entendem nada de romances! Eu não consigo explicar o que eu senti lendo sobre Ron e Hermione nesse livro porque… Ninguém poderia negar que estava acontecendo algo entre os dois! E eu nunca vou me esquecer da entrevista da J.K.Rowling com os sites The Leaky Cauldron e The Mugglenet onde ela falou isso:

“Eu vou dizer que, sim, eu pessoalmente senti – bem isso vai ficar claro quando as pessoas tiverem lido o Livro 6. Eu quero dizer, é isso. Foi feito, não? Nós sabemos. Sim, nós sabemos agora que é Ron e Hermione. Eu sinto que eu deixei cair pistas pesadas. Pistas do tamanho de bigornas, antes desse ponto”

Logo quando saiu essa parte da entrevista, eu estava online, e não paravam de aparecer janelas no meu MSN! Todo mundo queria comemorar, porque se mesmo com as pistas alguém não tivesse percebido, agora não tinha como questionar!

Nessa mesma entrevista, J.K.Rowling comenta sobre outro ponto interessante. Existem uma teoria, que livros policiais só devem conter romance se for para tentar camuflar os motivos de outra pessoa. Mas como os livros da série Harry Potter tem como base os personagens, J.K.Rowling achou importante que eles se apaixonassem. Mas ela usou esse artifício com a Tonks. A Tonks perde seus poderes de Metamorfomaga e os leitores ficam se perguntando “Mas o que está acontecendo?”. A resposta foi surpreendente… Quer dizer, eu já sabia spoilers, mas eu quase caí da cadeira quando me contaram. Vocês já devem ter imaginado o quanto que eu fiquei desesperada. É J.K.Rowling… Eu não imaginava que você iria fazer isso!

“Harry Potter e o Enigma do Príncipe” é realmente um livro que possui muitos pontos interessantes, e se eu fosse explicar tudo, essa resenha ficaria enorme! Mas eu tenho que pelo menos citar Horace Slughorn, o novo professor de Hogwarts que adora uma celebridade, e a família Malfoy. Com Narcisa, acabamos conhecendo um “outro lado” deles! E o Draco? Ah, o Draco! Pela primeira vez eu senti um pouco de pena dele!

A vontade é grande, mas eu não posso contar o final, que para mim foi um dos melhores escritos por J.K.Rowling! Eu divido os acontecimentos em duas partes: uma eu já sabia que iria acontecer mas a outra… COMPLETAMENTE surpresa! J.K.Rowling é brilhante, mas ela conseguiu se superar com todo o enredo desse livro que somente é resolvido somente no próximo livro. E sim, isso deixou 99,9% dos fãs desesperados para saber como que a história de Harry iria terminar.

DSC03760O título desse livro (que em inglês é “Harry Potter and the Half-Blood Prince”) foi o que mais me deixou confusa durante a leitura. Ele parecia se referir a somente um detalhe da história (o que não acontece nos outros livros)… Até você terminar a leitura. Eu não conseguir segurar um “Ahá J.K.Rowling sua esperta” porque esse título pode se referir totalmente a uma outra cena do livro, que fica mais ainda em evidência no título em português. Isso é raro, mas eu realmente gostei dessa tradução!

Resenha originalmente publicada em: http://poressaspaginas.com/resenha-especial-harry-potter-e-o-enigma-do-principe

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

2 Responses to “Especial Harry Potter: Harry Potter e o Enigma da Príncipe”

  1. Juliana Pires

    A minha ligação com Harry Potter começou através dos filmes, eu não li nenhum dos livros, mais é uma das minhas metas literárias desse ano, eu já até comecei o primeiro livro, espero que até o fim do ano eu termine a série toda.
    Eu já passei por essa espera com alguns livros e é a coisa mais angustiante do mundo, ainda mais quando o final não é conclusivo e você tem que esperar pelo próximo.

    bjs

    Responder
    • Melissa de Sá

      Ju, você não vai se arrepender. HP é uma série incrível e os livros são muito melhores que os filmes.

      É, esperar o lançamento de um próximo volume é super complicado. Principalmente se temos que esperar a tradução. Raramente o lançamento é simultâneo.

      bjs

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>