O Enigma da Lua Vol.2 – O Círculo dos Sete

Um retorno mágico a Edrim, o mundo criado por Liége Báccaro Toledo em sua trilogia O Enigma da Lua. Essa alta fantasia traz uma deliciosa mistura de aventura com romance e consegue ser uma leitura ainda mais instigante que o primeiro volume!

Título: O Enigma da Lua: O Círculo dos Sete

Autor: Liége Báccaro Toledo

Ano de Publicação: 2014

País de Origem: Brasil

Editora: Clube dos Autores (livro impresso) e publicação independente na Amazon (ebook) – 456 páginas

Em O Círculo dos Sete, Elora, Laucian, Myron e Valenia, guiados pelo anão Galnor, finalmente encontrarão seu destino. Mas essa nova jornada é apenas o começo de uma missão mais complexa do que eles imaginavam.

Vocês já sabem que acompanho a série O Enigma da Lua há algum tempo. Gosto muito do universo de Edrim, uma terra de fantasia com influência medieval extremamente interessante e diferente do que costumamos ler por aí. Os livros da Liége Báccaro Toledo têm uma pegada mais leve, um grande foco no romance, o que não significa que sejam superficiais. Significa apenas que essa é a abordagem que a autora escolheu e ela cumpre isso muito bem.

Em A Centésima Vida, primeiro volume da trilogia, conhecemos os protagonistas: Elora, Laucian, Myron e Valenia. Os quatro são adolescentes comuns da pequena cidade de Silena, no entanto, quando a verdade por trás da marca em forma de lua nas costas de Elora é revelada, a vida delas vira do avesso.

Elora e Laucian são apaixonados um pelo outro desde as primeiras páginas e é a história de amor deles o grande motivo por trás da maior parte dos acontecimentos não só de A Centésima Vida como de O Círculo dos Sete. Mas confesso que meus favoritos são mesmo Myron e Valenia, que têm um relacionamento menos óbvio e mais complexo. Pra mim, Elora e Laucian são um tanto idealizados (o que funciona dentro da proposta do livro) enquanto Myron e Valenia são personagens que sinto mais reais.

E o que mais gostei em O Círculo dos Sete foi justamente de poder acompanhar mais de perto a jornada pessoal de Myron e Valenia. Os dois não tinham que seguir naquela missão, eles não estavam diretamente envolvidos (diferente de Elora e Laucian, que não tinham escolha), eles foram porque quiseram. Foram por amizade. Deixaram tudo para trás a fim de apoiar algo que eles acreditavam.

Myron e Valenia tentam entender seu papel numa trama que é muito maior que eles. Afinal, o destino de Edrim está em jogo. Em o Círculo dos Sete eles passam a questionar o que fazer, como ajudar, como ser minimamente útil bem como entender o envolvimento deles com a profecia.

Ah sim, a trilogia O Enigma da Lua é cheia de profecias, previsões, maldições e outras magias. E eu particularmente gostei bastante da explicação sobre as sete energias (cada uma correspondendo a uma cor do espectro de luz) e em como a magia se conecta com elas.

O Círculo dos Sete expande o mundo de Edrim, nos levando para os confins do continente e nos apresentando novos personagens e novos questionamentos. Não vou falar mais para não dar spoiler, mas adorei Drimmi e seu povo. As ilustrações da Ãngela Tagaki nessa parte do livro eram pra morrer de amor…

Como eu disse antes, essa é uma série de fantasia com grande foco no romance e há uma divisão clara entre o bem e o mal (o que não significa que os personagens do suposto “bem” não tenham defeitos). No entanto, isso não me incomodou pois ficou claro desde o começo da leitura que iria ser assim. Quando o livro cumpre o que prometeu, fico satisfeita. O que detesto é pegar uma coisa que promete mundos e fundos e depois descobrir que não tinha nada daquilo.

A escrita da Liége Báccaro Toledo evoluiu bastante e gostei especialmente das passagens em que um personagem detinha o foco da cena. Sempre prefiro esse recurso ao clássico narrador onisciente. Mais POVs, Liége!

Para quem curte histórias de alta fantasia nessa linha, está mais que recomendado.

Os dois primeiros livros da trilogia estão disponíveis no Clube dos Autores em formato impresso (aqui e aqui) e também na Amazon em formato ebook (aqui e aqui). Li O Círculo dos Sete no aplicativo kindle para celular e foi super confortável e prático. O preço também é ótimo: R$5,99. Não tem desculpa para não comprar.

Ah, o conto “A Borboleta” se passa em Edrim e tem relação direta com os acontecimentos da trilogia. Tem resenha no blog aqui.

O último volume da trilogia tem o título de O Despertar de Kathul.

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

4 Responses to “O Enigma da Lua Vol.2 – O Círculo dos Sete”

  1. Ai, Melissa, que surpresa boa! Que resenha linda! Adorei saber suas impressões sobre o livro, o que você sentiu e achou ao ler. Nossa, eu fiquei dando pulinhos de alegria aqui em casa. Você não sabe como fico contente de saber que, para você, minha escrita evoluiu nesse segundo volume e a história está coerente com a proposta inicial.

    Enfim, não vou ficar tagarelando minha alegria aqui. Só queria mesmo agradecer e dizer que é muito importante para mim saber a opinião de uma leitora em quem eu tanto confio. Valeu mesmo!!!

    (Mais POVs, Liége! Anotado!)

    Responder
    • Melissa de Sá

      Liége,
      O livro é realmente muito bom e fico feliz que tenha gostado da resenha. Sua escrita evoluiu muito e a história seguiu por um caminho que particularmente gostei (fiquei com um medo danado de eles ficarem super experts em batalha do nada. Meu coração pulou quando as coisas foram devagar em Nuvara…). Quero muito ler o terceiro livro!
      Eeeeeeeeeeeeeeeh! Mais POVs!

      Responder
  2. Edrim Albert S.Melo

    Olá meu nome é Edrim albert.. Nossa eu quero saber sobre esse livro deve ser bom demais pq leva meu nome..rsrsr me procura no face.
    Quero esses livros…. Abraços…

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>