Sobre Guerras e Deuses

Semana passada vocês puderam conferir uma conversa com o autor Eduardo Kasse sobre o que é fantasia histórica, esse gênero que mistura fato e ficção de uma forma única. Hoje vou resenhar o primeiro conto que li desse autor, “Sobre Guerras e Deuses”. Sempre acho contos uma ótima forma de descobrir um pouco mais sobre a escrita de um escritor e gostei do que li do Eduardo!

Título: Sobre Guerras e Deuses

Autor: Eduardo Kasse

Ano de publicação: 2012

País de origem: Brasil

Editora: Draco – 24 páginas

O conto se passa na Britannia, quando o Império Romano já tentava se estabelecer na região. A primeira cena já nos joga numa batalha, quando bretões e romanos se organizam para o que será um conflito sangrento. “Sobre Guerras e Deuses” vai nos levar bem perto dos costumes e modos da época, como toda boa fantasia histórica, mas vai acrescentar um elemento sobrenatural interessantíssimo.

A guerra não é uma coisa bonita. A fantasia clássica normalmente dá uma atenuada na guerra, tornando-a nobre (como em O Senhor dos Aneis), mas qualquer leitor mais crítico consegue perceber que não é bem assim. Morte, mutilação. Essas coisas não têm nada de honrosas. Não estou dizendo que sou contra fantasia clássica (eu adoro! Vocês sabem), mas de vez em quando curto ler algo mais “na real”.

E “Sobre Guerras e Deuses” começa bem assim: na real. Um monte de homens na expectativa da batalha. Uma mistura de sentimentos: medo, excitação, coragem, relutância. E já de cara o leitor é atirado no conflito de bretões e romanos.

Apesar do senso de realidade, as cenas de violência não são exageradas (sim, estou falando de George Martin). Elas existem pra cumprir uma função inicial que é trazer o leitor mais para perto do clima histórico da coisa toda. E dá pra perceber que Eduardo Kasse realmente pesquisou, falando de um jeito natural sobre máquinas e táticas de guerra.

Logo depois da batalha, o conto vai focar nos bretões e na figura de Budugg, uma rainha que quer ver seu povo justiçado e livre a qualquer custo. E a qualquer custo pode ser a qualquer custo mesmo. Pacto com o diabo? Quem sabe mais um pacto com os deuses…

Não vou contar mais pois é spoiler, mas digo que quem gosta de fantasia histórica e um toque de sobrenatural, “Sobre Guerras e Deuses” é uma boa pedida.

Esse conto está no mesmo universo que os romances do autor: O Andarilho das Sombras,  Deuses Esquecidos e Guerras Eternas (que está em pré-venda com um desconto de 20%). Apesar de serem romances com as mesma ambientação e personagens, não é necessário lê-los em ordem.

Vocês podem comprar o conto por apenas R$1,99 na Coleção Contos do Dragão, da Editora Draco.

Onde comprar: Amazon | Kobo | Apple

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

6 Responses to “Sobre Guerras e Deuses”

  1. Muito obrigado pela resenha e pelo apoio. As palavras têm muito mais valor quando vindas de uma profissional que realmente sabe o que faz e tem um trabalho literário de alta qualidade.

    Valeu Melissa!

    Responder
  2. Netto Baggins

    Melissa, descobri seu blog essa semana, e, sinceramente: PARABÉNS! Suas resenhas são ótimas, e seu trabalho de divulgação da literatura nacional é incrível! Confesso que, mesmo apaixonado por literatura, e principalmente por fantasia e sci-fi, pouco conheço desses gêneros no nosso país. Obrigado por abrir essa porta para mim, vou procurar me aprofundar mais. Tenha em mim um leitor assíduo! 😀

    Responder
    • Melissa de Sá

      Netto, sua resenha me deixou muito feliz! Obrigada mesmo por esse comentário e espero que você volte mais vezes para conferir resenhas de livros nacionais e internacionais. 🙂

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>