Especial Dia das Bruxas: O Último Dia de Outubro

Ainda é Halloween e ainda dá tempo de postar uma resenha temática. Ano passado falei do perturbador O Iluminado, de Stephen King, mas esse ano decidi escolher uma história assustadora brasuca. E que não outra que o sugestivo conto “O Último Dia de Outubro”?

Título: O Último Dia de Outubro

Autor: Karen Alvares

Ano de publicação: 2014

País de origem: Brasil

Editora: Draco – 16 páginas

Emílio Bianco é um serial killer. E como todo serial killer, as mortes que pratica são meticulosamente planejadas e executadas. Atualmente internado numa instituição psiquiátrica, Emílio tem ao todo 30 mortes para pesar em sua sentença. Mas ele tem ainda uma em mente e o último dia de outubro se aproxima. Um ótimo thriller psicológico, esse é daqueles contos que nos deixa com um frio na espinha.

Esse foi o primeiro conto da Karen Alvares que li. “O Último Dia de Outubro” fez parte de um projeto que nós duas participamos anos atrás (que não engatou, mas que foi decisivo pra nossas carreiras) e foi assim que conheci a escrita criativa da Karen (antes, só a conhecia das fanfics). E fiquei completamente viciada. Eu me lembro até hoje da sensação que tive, do nervosismo e da ansiedade, ao ler esse conto, ainda em sua primeira versão. Veja bem, se tem uma coisa que eu evito com todas as forças é história de serial killer (eu sou uma pessoa que se recusa a assistir O Silêncio dos Inocentes, justamente porque passo mal só de imaginar), então tive que reunir minha pouca coragem literária pra me aventurar nessas páginas. E não me arrependi. Não é a toa que nesse Halloween decidi reler essa história e contar pra vocês um pouco sobre ela.

O leitor acompanha uma médica psiquiatra que decide visitar o Hospital Psiquiátrico Santa Amélia a fim de conduzir uma entrevista com o notório serial killer Emílio Bianco. Já nas primeiras cenas o leitor sente que há algo incômodo no local, na médica e nos funcionários, e quando finalmente encontramos o serial killer, tudo piora. Ao invés de um homem perturbado e louco, encontramos um senhor bastante lúcido e pragmático. O que pra mim é sempre mais assustador. Saber que alguém aparentemente normal no fundo é um psicopata sádico.

Emílio discorre tranquilamente sobre seus crimes, que ele chama de “obras de arte”. Isso porque cada morte é feita à imagem de alguma pintura ou escultura. Aos poucos o leitor vai percebendo como a médica é ingênua e aquela terrível sensação de que algo vai acontecer é o que nos prende na leitura de “O Ùltimo Dia de Outubro”. Não vou contar mais nada, vou deixar vocês lerem.

Por ser o primeiro conto da Karen, é possível perceber uma certa imaturidade de escrita, mas seu estilo de terror psicológico que nos deixa tão perto das suas personagens já está lá. Recomendo essa leitura, que dá pra ser feita numa única sentada, nessa noite de Dia das Bruxas. O conto está em promoção na Amazon por apenas R$2,20!

Compre aqui!

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

One Response to “Especial Dia das Bruxas: O Último Dia de Outubro”

  1. Mel, fiquei cheia de nostalgia aqui lembrando de quando escrevi esse conto, tantos anos atrás, naquele nosso projeto do Resort. E você nem contou, mas tem um dedo enorme seu nele, né? Aquela mulher sinistra que era recorrente em todas as histórias! Ugh, ela me deu arrepios em todas as histórias!
    Fiquei com saudades. A gente passou por tanta coisa desde aquela época.
    Adorei a resenha, você sempre sendo fantástica e generosa comigo. <3 E esse conto tem mesmo um quê de inocência e imaturidade, é um dos textos que eu mais olho e penso "nossa, como o tempo passou". 🙂 Obrigada!!!

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>