Por que não devemos odiar O Destino de Júpiter?

Ejupiterascendingnewposterandtrailer-novoposteru leio resenhas destruindo O Destino de Júpiter e confesso que fico sem entender. Esse é um filme de ação e guerras interplanetárias que é um filme de ação e guerras interplanetárias. Pronto. Então não espere mais que isso. Pegue uma pipoca e curta um filme de história interessante, muitas cenas de luta e explosões. Não vamos odiar o filme só porque não é que nem Matrix.

Título Original: Jupiter Ascending

Direção: Andy e Lana Wachowskis

País de Origem: Estados Unidos e Austrália

Ano: 2015

Duração: 127 min

Vamos ao filme?A protagonista é Júpiter, uma imigrante russa ilegal nos Estados Unidos. Juntamente com a mãe e a tia, ela faz faxinas em apartamentos ricos. Não é de se admirar que Júpiter (em homenagem ao planeta mesmo, seu pai era amante de astronomia) odeie sua vida. É então que tudo muda, como frequentemente acontece nesse tipo de filme. Júpiter presencia um ataque alienígena e descobre que ela está na mira dos mais poderosos seres do universo!

Caine é um mercenário, ex-soldado, que vai até a Terra salvar Júpiter e tentar mostrar a ela o que existe além do nosso planetinha. E existe muita coisa. Uma delas é a família mais poderosa do universo, composta por três irmãos. Júpiter vai descobrir que existe muito mais além de viagens na velocidade da luz e que seu destino está atrelado a esses excêntricos e aparentemente imortais seres.

Sim, existe uma romance clichê entre Júpiter e Caine. Sim, Júpiter vai descobrir que está predestinada a governar o universo. Sim, um dos irmãos vai tentar matá-la. Sim, ela está disposta a deixar tudo para salvar sua família na Terra. Sim, um dos irmãos vai tentar traí-la. Sim, tem um papo sinistro de reencarnação com ciência. Sim, tem cenas de ação super longas e cheias de efeitos especiais.

E daí?

É mais um filme de ação e ficção científica com clichés. Sinceramente, não é dos piores. Tem até bons momentos e boas atuações.

Okay, os irmãos Wachowskis estão querendo fazer um filme tão bom quanto Matrix há tempos. E eu digo que eles produziram ótimos filmes: A Viagem, Speedy Racer, V de Vingança… Okay, Matrix pode ter seu lugar como filme foda, mas isso não quer dizer que tudo que seus criadores faça depois seja automaticamente lixo só porque não é Matrix.

Na verdade esse é um argumento injusto e acontece frequentemente com iniciantes que se dão bem. J.K.Rowling nunca vai escrever outro Harry Potter. Isso faz dela automaticamente uma escritora ruim a partir de agora?

Existem, claro, pontos falhos em O Destino de Júpiter. Acho que faltou um pouco de drama na personagem principal, alguns diálogos ficaram meio perdidos no meio do filme… Um pouco de choque em algumas reações seria legal. Mas é um bom longa pra distrair, passar o tempo, que cumpre o que promete: duas horas de ação. Já vi filmes muito piores que não foram tão criticados.

É o que sempre digo: julgue uma obra pela proposta dela, não pelas suas expectativas absurdas.

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

3 Responses to “Por que não devemos odiar O Destino de Júpiter?”

  1. Ei, Melissa!

    Eu não odiei o filme, e também não fui esperando algo próximo de Matrix. Mas, ainda assim, tinha maiores expectativas, e fiquei ainda mais frustrado por ver que a trama tinha ideias interessantes para serem trabalhadas e fizeram aquela bagunça com tudo. Achei que os milhões de dólares gastos poderiam render uns 25 bons filmes de baixo orçamento. Mas Hollywood é assim, infelizmente.

    Abraço.

    Responder
    • Melissa de Sá

      Eu entendo isso, Samuel. Também acho que o filme gastou dinheiro demais numa coisa que ficou meio bagunçada. Mas já vi filmes piores tão caros quanto (tipo franquia Mercenários) que não foram tão detestado internet afora.

      abs

      Responder
  2. Concordo plenamente. Foi a única crítica que realmente concordei. O filme é pra divertir e ponto. Ele diverte.

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>