7 Motivos para assistir Buffy, the Vampire Slayer

Quem está hoje na faixa dos 30 anos deve se lembrar de uma adolescência assistindo episódios esporádicos de Buffy, uma adolescente loirinha que dava uma surra nos vampiros. Com seus efeitos especiais questionáveis e a atmosfera de ensino médio, muita gente acha que a série é boba e não vale a pena. Mas eu digo: se você gosta de boa fantasia e boas histórias, tem que assistir Buffy, the Vampire Slayer.

E eu vou dar 7 motivos pra você fazer isso.

1. Buffy é uma ótima protagonista.

Buffy é uma mulher real. Nós a conhecemos na primeira temporada aos 15 anos: uma patricinha sarcástica, mas com grande responsabilidades. Buffy é A Caçadora. Com poderes extraordinários (super força, agilidade, resistência), ela é a única capaz de conter as forças do mal (vampiros e demônios) na cidade de Sunnydale (que convenientemente tem uma Boca do Inferno).

A cada geração existe uma escolhida.

Mas Buffy nunca fica caricata. Ela gosta de fazer compras, mas faz de tudo para salvar seus amigos. Ela tem conflitos de adolescente na escola, mas treina todo dia para se tornar uma Caçadora melhor. Ela se apaixona, ela grita, xinga, se joga, luta, chora, comete erros, amadurece. Ela é tão real a nossos olhos que quando chega a última temporada, sentimos que ela foi nossa amiga durante todo esse tempo.

Ela é como todas nós mulheres. Real.

2. Os personagens secundários têm suas próprias histórias e conflitos.

No início são três: Willow, a nerd, Xander, o cara engraçado, e Giles, o bibliotecário mentor. Por mais que todos eles mantenham suas características ao longo da série, eles também têm suas histórias paralelas que são importantes e relevantes para a trama principal. Eles também evoluem e se transformam, sempre sendo como pessoas reais, com seus defeitos e qualidades.

Scooby gang: Giles, Buffy, Xander e Willow. Em roupas dos anos 90. Yeah!

3. Nenhum amor é perfeito.

Sabe aquelas vidas amorosas perfeitas que existem em algumas séries? Aquela coisa de que TODOS OS PERSONAGENS encontram seu par amoroso no final e vivem felizes para sempre? Pois é, isso não acontece em Buffy.

Encaremos. Nenhum de nós nunca vai ter um relacionamento feliz e normal.

Todo mundo se apaixona e namora, mas problemas acontecem e o final às vezes simplesmente não é feliz. Temos abandono, amor não correspondido, morte, traição, desapontamento, separação. Como na vida, nem sempre todo mundo consegue ser feliz ao mesmo tempo.

4. Spike.

Ok, eu AMO Spike, ele é meu personagem favorito da série (talvez empatando com a própria Buffy, que é foda). Digamos que ele é um Snape, um cara mal compreendido, que no final nos surpreende com uma história incrível. Vilão ou anti-herói, entendam como quiserem, Spike é um personagem complexo e super bem desenvolvido.

Fora que ele é punk e usa um sobretudo perto. E tem sotaque britânico. Como resistir?

5. A gente morre de rir assistindo.

Sim, Buffy é uma série tensa, cheia de mistérios, um monte de gente morre. Mas é também uma série engraçada. Alguns episódios são hilários e não tem como resistir ao senso de humor de Buffy, Xander e Spike. E é incrível também como, com o passar do tempo, a série passa a zuar seus próprios clichés.

Experimente meu mundo. Veja como é bom. // Tem bebidas no seu mundo?

Tem um episódio musical, “One More Time With Feeling”, que é genial. Pega todos os clichés da série num clima musical, sem deixar de lado a trama e o desenvolvimento dos personagens. Em “Storyteller” um dos personagens faz um documentário sobre “Buffy, the Slayer of the Vampires”. Eu assisti o episódio duas vezes no mesmo dia de tanto que ri. Adoro séries que se auto-zoam!

6. Existe diversidade!

Existem ótimas personagens femininas na série. Além da protagonista Buffy, temos Willow, Faith, Dawn, Tara e Anya. Todas com ótimas histórias e relevância para a trama principal. É um time de mulheres fortes e independentes, coisa rara nas séries em geral.

Temos também casais gays. E mesmo que os personagens principais ainda sejam brancos, existe alguma diversidade étnica na série. Mesmo que pouca. Não é o ideal, claro, mas é melhor que muita coisa por aí.

7. Os vampiros são maus e quando são bonzinhos, não são tão bonzinhos assim.

Nada de Twilight. Em Buffy, os vampiros morrem no sol e com estacas de madeira no coração. São maus e não têm alma. Eles levantam da tumba pra te matar! Exceções existem? Existem, mas não são os galãs bonzinhos que te levam pra passear.

Sabe, eu comecei com isso. Ter uma alma. Bem antes de ser modinha.

Mesmo os vampiros que querem ser bonzinhos em Buffy passam por altas crises existências e fazem um monte de coisa errada (e criminosa). Afinal, ninguém vira santo da noite para o dia. Se você quer arrumar uma alma, então assuma as consequências.

.

A série começa com aquele clima de ensino médio americano, mas não se engane. À medida que os personagens envelhecem e amadurecem, os conflitos vão ficando mais sérios. Quanto aos efeitos especiais, eles são toscos mesmo. Mas quem liga pra isso quando a história é boa? Essa é uma série pra rir, chorar e ficar com saudade quando acaba.

Ninguém apenas gosta de Buffy, the Vampire Slayer…

Buffy, the Vampire Slayer (1997-2003) tem ao todo 7 temporadas. Todas disponíveis no Netflix (Yeah!). Além disso, as temporadas 8, 9 e 10 saíram na forma de quadrinhos. Quando tiver uma graninha, vou comprar. 🙂

Mais que recomendado.

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

2 Responses to “7 Motivos para assistir Buffy, the Vampire Slayer”

  1. Ai, Mel…
    Estou me controlando tanto para não assinar o NetFlix e agora vem você me tentando ainda mais! hehehehehe
    Eu adorava assistir Buffy, mas chegou uma época que comecei a perder alguns episódios e depois já não entendia nada! Acho que é bacana ver tudo de uma vez!!
    beijos
    Camis

    Responder
    • Buffy é muito amor!!!

      E sim, depois de algumas temporadas, é impossível entender o que está acontecendo se não seguimos os episódios… Eu adorei rever essa série.
      bjs

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>