Flor de Ameixeira

Flor de Ameixeira, da Dana Guedes, foi um dos livros que comprei autografado na Bienal do Rio 2015. Li de uma sentada só enquanto esperava meu ônibus na rodoviária. Uma light novel boy’s love com ilustrações lindas da Nyao (Kuloh).

Título: Flor de Ameixeira

Autora: Dana Guedes

Ano de publicação: 2015

País de Origem: Brasil

Editora: Draco – 64 páginas

Vamos conhecer Naoki Fujimoto, um novato na escola que é coagido a participar de um ritual de iniciação assustador: conversar com espíritos num tabuleiro ouija. Mas é em meio a esse clima tenso que ele vai conhecer Takuma e novos sentimentos.


Okay, eu vou confessar uma coisa pra vocês: eu não sei nada de mangá nem de cultura japonesa. Sério. Minha experiência se limita a ter assistido a animes como Sakura Card Captor e Death Note (os dois com um apelo bem boy’s love, inclusive). Talvez por isso eu tenha tido um estranhamento em relação a Flor de Ameixeira: o livro, que se passa no Japão, usa vários convenções de mangás e animes e eu fiquei meio boiando. rs

Não, não é mal feito. Na verdade Dana Guedes fala tudo com bastante propriedade. Inclusive ela tem um contato próximo com cultura japonesa e até conhece a língua! Foi mesmo a minha falta de familiaridade com o gênero que me fez achar que tudo acontecia rápido demais na história sendo que isso é comum em mangás/animes. Acho que temos que ter humildade de assumir quando saímos da nossa zona de conforto e quando simplesmente desconhecemos alguma coisa.

Mas vamos à história: Naoki se mete nessa roubada que é o Kokkuri-san. Nesse ponto posso dizer que não fiquei perdida: a cena em que eles jogam é bem escrita e até a pessoa leiga aqui conseguiu sacar as regras (lembrei do jogo do copo que fazíamos na escola rs). Mas Flor de Ameixeira manifesta mais seu toque de terror quando o fantasma que se comunica no jogo começa a perseguir o coitado do Naoki.

Mas ele não está sozinho. E é aí que entra Takuma dando a cara boy’s love da história. Takuma é decidido, confiante, até meio aparecido, mas é simpático como novato Naoki. Em meio a medos e assombrações, os dois vão se envolver em algo mais que a amizade. O livro vai contar com cenas fofas, mas também picantes, entre os dois.

A resolução final me satisfez visto o tamanho do livro. Gostei da inserção de temas como bullying e relacionamentos abusivos na história. É sempre bom ver esses temas serem tratados em livros com um apelo fantástico. A edição é muito caprichada com ilustrações e pequenos detalhes que todo leitor voraz adora.

Se você é fã de mangás, animes, cultura japonesa e yaoi então você vai realmente amar esse livro. Eu confesso minha falta de familiaridade. Talvez eu deva me aventurar mais pra esse lado, não?

Onde comprar:

Papel: Amazon | Cultura

Melissa é escritora, blogueira e fica hiperativa com açúcar. Tem contos publicados em antologias das editoras Draco, Buriti e Cata-vento além de trabalhos independentes na Amazon. É autora do livro infantil A Última Tourada.

http://mundomel.com.br

 

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>