Tag Archives: gênero fantasia

Morte de Tinta

E a trilogia Mundo de Tinta chega ao fim com Morte de Tinta, que, para mim, foi o melhor volume da série. Título em português: Morte de Tinta Título Original: Tintentod Autor: Cornelia Funke Ano de publicação: 2010 País de Origem: Alemanha Tradução: Sonali Bertuol Editora: Companhia das Letras Número de páginas: 576 Nesse livro, as consequências do ato de se contar uma história serão graves. Mo e Meggie finalmente entenderão o

Leia mais


O que é fantasia histórica? – Um bate-papo com Eduardo Kasse

Fantasia histórica é um gênero que vem ganhando cada vez mais fãs. Mas, afinal, o que é fantasia histórica? O que diferencia a fantasia histórica da fantasia medieval que lemos sempre? Para responder a essas perguntas, convidei o autor Eduardo Kasse, já veterano no gênero, para um bate-papo sobre o assunto. Venha conhecer a fantasia histórica! Melissa de Sá Melissa é escritora, blogueira e

Leia mais


Entrevistas: Pauline Alphen

Nossa coluna de entrevistas aqui do Livros de Fantasia estreou na melhor forma. A escolhida para inaugurar nossa conversa com escritores foi ninguém menos que a super simpática (e talentosa!) Pauline Alphen, autora brasileiro-francesa da série Crônicas de Salicanda. Pauline, com um jeito muito atencioso, respondeu as nossas perguntas por e-mail, incluindo  três perguntas enviadas por leitoras fiéis aqui do blog que ganharam uma camiseta exclusiva da

Leia mais


Harry Potter e o Oscar

A série durou dez anos nas telas de cinema e foi indicada ao Oscar num total de 12 vezes. Foram indicações para direção de arte, fotografia, figurino, efeitos especiais e trilha sonora original (as duas vezes com John Williams em Harry Potter e a Pedra Filosofal e Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban). No entanto, a franquia Harry Potter no cinema nunca levou

Leia mais


Coraline [Coraline]

Título: Coraline Título no Brasil: Coraline Autor: Neil Gaiman Ano de publicação: 2002 País de origem: Inglaterra Editora: Bloomsbury– 185 páginas (no Brasil, publicação pela Rocco com 192 páginas) Nessa novela (grande demais para ser um conto, pequena demais para ser um romance) sinistra e assustadora, Neil Gaiman consegue entrar no universo infantil e suas referências ao mesmo tempo que vai tecendo uma história inesquecível e perturbadora. Através

Leia mais


%d blogueiros gostam disto: